Viscerocrânio

Os 14 ossos faciais contribuem para a forma e o aspecto do rosto de uma pessoa.

Além disso, as cavidades das órbitas, nariz e boca são, em boa parte, construídas dos ossos da face.

Dos 14 ossos que compõem o esqueleto facial, apenas 2 são ossos individuais.

Os 12 restantes consistem em seis pares de ossos, semelhantes em cada lado da face.

2 – Maxilares superiores maxilas
2 – Zigomáticos
2 – Lacrimais
2 – Nasais
2 – Conchas nasais inferiores
2 – Palatinos
1 – Vômer
1 – Mandíbula

veja a nomenclatura completa em nossa vídeo-aula

Nasais

São dois pequenos ossos oblongos, variando de tamanho e forma conforme a pessoa e sua idade.

Eles tão dispostos lado a lado na porção média e superior da face, e formam, através de sua união, “a ponte” do nariz.

NETTER: Frank H. Netter Atlas De Anatomia Humana. 5.ed. Rio de Janeiro, Elsevier, 2011

Maxilas

São dois ossos que, nas extremidades frontais (na linha média), articulam-se entre si em sínfise (fixa) e, nas restantes superfícies recebe os ossos nasais, palatino, etmóide, frontal e, nas regiões laterais, com os zigomáticos (as “maçãs do rosto”).

Cada maxila contém, da parte mediana à posterior, onze alvéolos para a inserção dos dentes, respectivamente:

Três alvéolos, que aumentam de tamanho do primeiro para o terceiro, para o engaste dos incisivos;

Um alvéolo canino, bastante profundo;

Quatro alvéolos pré-molares;

E três molares.

VISTA LATERAL

SOBOTTA, Johannes. Atlas de Anatomia Humana. 21ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2000.
NETTER: Frank H. Netter Atlas De Anatomia Humana. 5.ed. Rio de Janeiro, Elsevier, 2011
NETTER: Frank H. Netter Atlas De Anatomia Humana. 5.ed. Rio de Janeiro, Elsevier, 2011

Mandíbula

Nos vertebrados, a mandíbula é o componente móvel (se movimenta nos três planos: sagital, frontal e transversal) do crânio que forma a parte inferior da cabeça.

Sua forma é semelhante a uma ferradura horizontal com abertura posterior (corpo), de cujas extremidades livres saem dois prolongamentos (ramos).

Na parte posterior, há uma articulação sinovial, com os ossos temporais através do processo condilar, alongado ortogonalmente ao plano medial; esta articulação designa-se Articulação Temporomandibular (ATM).

 

Os principais acidentes anatômicos encontrados são:

Processo condilar;

Incisura da mandíbula;

Processo coronóide;

Ramo;

Ângulo;

Corpo; 

E processo mental.

NETTER: Frank H. Netter Atlas De Anatomia Humana. 5.ed. Rio de Janeiro, Elsevier, 2011
NETTER: Frank H. Netter Atlas De Anatomia Humana. 5.ed. Rio de Janeiro, Elsevier, 2011
NETTER: Frank H. Netter Atlas De Anatomia Humana. 5.ed. Rio de Janeiro, Elsevier, 2011

Zigomáticos

São achatados, de forma quadrangular, apresentando 2 faces, 4 bordos e 4 ângulos.

Se articulam com a maxila, osso temporal, a grande asa do osso esfenóide e o osso frontal.

Formam parte da órbita e geralmente é referido como o osso da bochecha, maçã do rosto ou osso malar.

Estão situados acima e lateralmente na face: formam a proeminência da bochecha, parte da parede lateral e assoalho da órbita, e partes das fossas temporal e infra temporal.

 

Os principais acidentes anatômicos encontrados são:

Arco zigomático;

Processo temporal.

VISTAS LATERAL E MEDIAL

SOBOTTA, Johannes. Atlas de Anatomia Humana. 21ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2000.
NETTER: Frank H. Netter Atlas De Anatomia Humana. 5.ed. Rio de Janeiro, Elsevier, 2011

Palatinos

Formam a parte posterior do palato duro, parte do soalho e parede lateral da cavidade nasal e o soalho da órbita.

São formados por uma parte vertical e uma horizontal e apresentam 3 processos:

Piramidal, orbital e esfenoidal.

VISTA MEDIAL

SOBOTTA, Johannes. Atlas de Anatomia Humana. 21ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2000.

VISTA MEDIAL

SOBOTTA, Johannes. Atlas de Anatomia Humana. 21ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2000.
NETTER: Frank H. Netter Atlas De Anatomia Humana. 5.ed. Rio de Janeiro, Elsevier, 2011

Lacrimais

São os menores e mais frágeis ossos da face.

Estão situados na porção anterior da parede medial da órbita. 

Têm duas superfícies e quatro bordas.

Os ossos lacrimais ou únguis são ossificados a partir de um único centro, que aparece por volta da décima segunda semana a partir da membrana que cobre a cápsula cartilaginosa nasal.

VISTAS MEDIAL E LATERAL

SOBOTTA, Johannes. Atlas de Anatomia Humana. 21ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2000.
NETTER: Frank H. Netter Atlas De Anatomia Humana. 5.ed. Rio de Janeiro, Elsevier, 2011

Conchas nasais inferiores

As conchas nasais inferiores ou cornetos inferiores se estendem horizontalmente ao longo da parede lateral da cavidade nasal e consistem de uma lâmina de osso esponjoso, curvada em si mesma.

Cada concha nasal inferior é considerada um par de ossos faciais já que elas surgem dos ossos maxilares e se projetam horizontalmente dentro da cavidade nasal.

Na passagem do ar, ele é aquecido, umedecido e limpado.

Superior à concha nasal inferior estão as conchas nasais média e superior.

NETTER: Frank H. Netter Atlas De Anatomia Humana. 5.ed. Rio de Janeiro, Elsevier, 2011

Vômer

É um dos ossos ímpares do crânio.

Ele está situado na linha sagital mediana, e se relaciona com:

Esfenóide;

Etmóide;

Palatinos esquerdo e direito;

E os ossos maxilares esquerdo e direito.

SOBOTTA, Johannes. Atlas de Anatomia Humana. 21ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2000.
NETTER: Frank H. Netter Atlas De Anatomia Humana. 5.ed. Rio de Janeiro, Elsevier, 2011

teste seus conhecimentos no nosso jogo de pontos!

Referências Bibliográficas

BONTRAGER: Kenneth L.;  John P.  Manual Prático de Técnicas e Posicionamento Radiográfico. 8 ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2015.

MOORE: Keith L. Anatomia orientada para a clínica. 7. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2014.

NETTER: Frank H. Netter Atlas De Anatomia Humana. 5.ed. Rio de Janeiro, Elsevier, 2011.

SOBOTTA: Sobotta J. Atlas de Anatomia Humana. 21ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2000.

Gostou do nosso conteúdo? Ajude-nos, compartilhando em suas redes sociais!

Deixe uma resposta