O sistema venoso do membro superior drena sangue desoxigenado do braço, antebraço e mão.
Pode anatomicamente ser dividido nas veias superficiais e nas veias profundas.
Nesta página, vamos estudar a anatomia das veias dos membros superiores, percurso e relação com outras estruturas.

Veias superficiais


As principais veias superficiais do membro superior são as veias cefálica e basílica
Elas estão localizadas logo abaixo do tecido subcutâneo do membro superior.

veia basílica

A veia basílica origina-se da rede venosa dorsal da mão.
Sobe pela região medial do membro superior.
Na borda do m. redondo maior, a veia se dirige profundamente no braço, onde se une com as veias braquiais para formar a veia axilar.
MOORE: Keith L. Anatomia orientada para a clínica. 7. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2014.
NETTER: Frank H. Netter Atlas De Anatomia Humana. 5.ed. Rio de Janeiro, Elsevier, 2011.

veia cefálica

A veia cefálica origina-se também da rede venosa dorsal da mão.
Ascende pela face ântero-lateral do membro superior, passando anteriormente pelo cotovelo.
No ombro, a veia cefálica viaja entre os músculos deltoide e peitoral maior (conhecido como o sulco deltopeitoral) e entra na região da axila através do triângulo clavipetorial.
Dentro da axila, a veia cefálica termina se unindo à veia axilar.
Anteriormente ao cotovelo, a veia cefálica comunica-se com a veia intermédia e com a veia cubital intermédia do cotovelo, que tem trajeto oblíquo através da face anterior do cotovelo na fossa cubital (uma depressão na parte frontal do cotovelo) e se une à veia basílica.
NETTER: Frank H. Netter Atlas De Anatomia Humana. 5.ed. Rio de Janeiro, Elsevier, 2011.
NETTER: Frank H. Netter Atlas De Anatomia Humana. 5.ed. Rio de Janeiro, Elsevier, 2011.

Veias profundas

As veias profundas do membro superior estão situadas sob a fáscia profunda.
São veias emparelhadas que acompanham e se encontram em ambos os lados de uma artéria.

Veias braquiais

As veias braquiais são as maiores em tamanho e estão situadas em ambos os lados da artéria braquial.
As pulsações da artéria braquial auxiliam no retorno venoso.
Veias que são estruturadas dessa maneira são conhecidas como veias comitantes.
As veias perfurantes correm entre as veias profundas e superficiais do membro superior, conectando os dois sistemas.
MOORE: Keith L. Anatomia orientada para a clínica. 7. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2014.

Referências Bibliográficas

BONTRAGER: Kenneth L.;  John P.  Manual Prático de Técnicas e Posicionamento Radiográfico. 8 ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2015.
MOORE: Keith L. Anatomia orientada para a clínica. 7. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2014.
NETTER: Frank H. Netter Atlas De Anatomia Humana. 5.ed. Rio de Janeiro, Elsevier, 2011.
SOBOTTA: Sobotta J. Atlas de Anatomia Humana. 21ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2000.
Gostou do nosso conteúdo? Ajude-nos, compartilhando em suas redes sociais!