Cerebelo

Está localizado na fossa cerebelar do osso occipital (fossa craniana posterior).

O cerebelo está separado do lobo occipital (localizado superiormente), por uma prega da dura-máter, denominada de tentório do cerebelo. 

Anteriormente ao cerebelo localizamos a ponte e o bulbo. 

O IVº ventrículo está localizado entre o tronco encefálico e o cerebelo. 

Os pedúnculos cerebelares (superior, médio e inferior) conectam o cerebelo ao tronco encefálico.

O cerebelo apresenta uma camada cortical externa (córtex do cerebelo), homogênea, constituída por três camadas celulares

Internamente, se distribuem a fibras mielínicas, compondo o centro medular branco do cerebelo. 

No interior do centro medular branco do cerebelo são encontrados núcleos específicos (núcleos do cerebelo).

Anatomicamente o cerebelo é dividido em dois hemisférios cerebelares (direito e esquerdo), e uma porção mediana, denominada de verme cerebelar

O cerebelo é dividido em lobos

Flóculo-nodular (relacionado com o equilíbrio); 

Anterior (funções relacionadas ao tônus muscular e propriocepção); 

E posterior (coordenação dos movimentos). 

Os lobos do cerebelo são divididos por fissuras, formando lóbulos.

Lobo flóculo-nodular: constituído por dois flóculos (cada flóculo está localizado abaixo do pedúnculo cerebelar inferior), unidos pelo nódulo.

Lobo anterior do cerebelo: forma parte da porção superior do cerebelo. 

A fissura primária separa o lobo anterior do lobo posterior. 

O lóbulo quadrangular anterior está localizado anteriormente a fissura primária.

Lobo posterior do cerebelo: o maior lobo do cerebelo apresenta uma porção superior, que se estende formando a porção inferior do cerebelo. 

NETTER: Frank H. Netter Atlas De Anatomia Humana. 7 ed. Rio de Janeiro, Elsevier, 2018.

Os lóbulos e fissuras são (partindo da fissura primária): 

Lóbulo quadrangular posterior;

fissura pós-clival;

lóbulo semilunar superior;

fissura horizontal;

lóbulo semilunar inferior;

fissura pré-piramidal;

lóbulo biventre. 

tonsila do cerebelo é uma porção dilatada, localizada no lobo posterior, em sua parte ântero-inferior (superiormente ao forame magno e posteriormente ao bulbo).

verme do cerebelo apresenta sua divisão, com denominação diferente dos hemisférios cerebelares, sendo: língula, lóbulo central, cúlmen, declive, folha do verme, túber, pirâmide, úvula e nódulo.

Os núcleos do cerebelo são: denteado, emboliforme, globoso e fastigial. 

O núcleo denteado é o maior deles, localizado lateralmente. 

O núcleo fastigial assume uma posição medial. 

Entre os núcleos denteado e fastigial estão localizados os núcleos emboliforme e globoso (denominados como núcleo interpósito). 

Os núcleos do cerebelo exercem influencia no controle motor dos músculos estriados esqueléticos, o núcleo fastigial controla os músculos axiais e proximais dos membros (postura e equilíbrio), os núcleos interpósito e denteado controlam os músculos distais.

Referências Bibliográficas

BEAR, Mark F. Neurociências. 4 ed. Porto Alegre: Artmed, 2017.

DRAKE, Richard L.; VOGL, A. Wayne; MITCHEL, Adam W. M.: Gray’s anatomia clínica para estudantes. 3 ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2015.

HALL, John Edward; GUYTON, Arthur C. Guyton & Hall tratado de fisiologia médica. 13 ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2017.

KANDEL, E.R.; SCHWARTZ, J.H.; JESSELL, T.M. Princípios de Neurociência. 5 ed. Porto Alegre: Artmed, 2014.

NETTER: Frank H. Netter Atlas De Anatomia Humana. 7 ed. Rio de Janeiro, Elsevier, 2018.

NOBESCHI: L.  Anatomia do Sistema Nervoso. 1 ed. São Paulo, 2010.

MACHADO, Angelo B.M.; HAERTEL, L. M. Neuroanatomia funcional. 4 ed. São Paulo: Atheneu, 2021.

MOORE: Keith L. Anatomia orientada para a clínica. 7 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2014.

SOBOTTA: Sobotta J. Atlas de Anatomia Humana. 3 ed. traduzida. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2017.

SCHÜNKE, Michael. Prometheus, Coleção – Atlas de Anatomia 3 Volumes. Janeiro: Guanabara Koogan, 2019.

Rolar para cima
40% OFF
[nextend_social_login provider="google"]