A pelve é a área de transição entre o tronco e os membros inferiores, é forte e rígida, está adaptada para desempenhar várias funções no corpo humano. 

Sendo as principais funções:

  • Transferência de peso do esqueleto axial superior para os componentes apendiculares inferiores do esqueleto, especialmente durante o movimento;
  • Fornece fixação para vários músculos e ligamentos usados na locomoção;
  • Contém e protege as vísceras abdominopélvicas e pélvicas.
 
cavidade pélvica é a parte inferior da cavidade abdominopélvica.
 
Anatomicamente, a pelve é a parte do corpo circundada pelo cíngulo do membro inferior (pelve óssea), parte do esqueleto apendicular do membro inferior.

Limites da pelve

A pelve é dividida em maior (falsa) e menor (verdadeira) pelo plano oblíquo da abertura superior da pelve.

Abertura superior

A margem óssea que circunda e define a abertura superior da pelve é a margem da pelve, formada:

  • Posteriormente = Promontório asa do sacro (face superior de sua parte lateral, adjacente ao corpo do sacro);
  • Lateralmente = Pelas linhas terminais direita esquerda formam juntas uma estria oblíqua contínua, composta por: Linha arqueada na face interna do ílio e Linha pectínea do púbis e crista púbica, formando a margem superior do ramo superior e corpo do púbis;
  • Anteriormente = Sínfise púbica.
https://teachmeanatomy.info/
SCHUNKE, M. Prometheus, Anatomia geral e sistema locomotor. 4 ed. Rio de Janeiro, Guanabara Koogan, 2019.
MOORE: Keith L. Anatomia orientada para a clínica. 8 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2019.

Observe agora o arco púbico, que é formado pelos ramos isquiopúbicos (ramos inferiores conjuntos do púbis e do ísquio) dos dois lados. 

Esses ramos encontram-se na sínfise púbica e suas margens inferiores definem o ângulo subpúbico

A largura do ângulo subpúbico é determinada pela distância entre os túberes isquiáticos direito e esquerdo

Essa largura pode ser medida com os dedos enluvados na vagina durante um exame pélvico.

SCHUNKE, M. Prometheus, Anatomia geral e sistema locomotor. 4 ed. Rio de Janeiro, Guanabara Koogan, 2019.

Abertura inferior

abertura inferior da pelve é limitada por:

  • Anteriormente = Arco púbico;
  • Lateralmente = Túberes isquiáticos;
  • Póstero-lateralmente = Margem inferior do ligamento sacrotuberal (seguindo entre o cóccix e o túber isquiático);
  • Posteriormente = Extremidade do cóccix.
SCHUNKE, M. Prometheus, Anatomia geral e sistema locomotor. 4 ed. Rio de Janeiro, Guanabara Koogan, 2019.

Divisões da pelve

Pelve maior (falsa)

A pelve maior é circundada pela parte superior do cíngulo do membro inferior. 

É Limitada pelas asas do ílio póstero-lateralmente e a face ântero-superior da vértebra S I posteriormente

É ocupada pelas vísceras abdominais inferiores, protegendo-as mais ou menos como as vísceras abdominais superiores são protegidas pela parte inferior da caixa torácica. 

Pelve menor (verdadeira)

Esta parte situa-se entre as aberturas superior inferior da pelve, que forma o arcabouço ósseo da cavidade pélvica e do períneo – dois compartimentos do tronco separados pelo diafragma da pelve, uma estrutura musculofascial. 

A parte externa da pelve é coberta ou envolvida pela parede abdominal ântero-lateral inferior = anteriormente, a região glútea do membro inferior póstero-lateralmente, e o períneo inferiormente.

É limitada pelas faces pélvicas dos ossos do quadril, sacro e cóccix.

Que inclui a cavidade pélvica verdadeira e as partes profundas do períneo (compartimento perineal), especificamente as fossas isquioanais, que tem maior importância obstétrica e ginecológica.

MOORE: Keith L. Anatomia orientada para a clínica. 8 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2019.

Referências Bibliográficas

DRAKE, Richard L.; VOGL, A. Wayne; MITCHEL, Adam W. M.: Gray’s anatomia clínica para estudantes. 3 ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2015.

HALL, John Edward; GUYTON, Arthur C. Guyton & Hall tratado de fisiologia médica. 13 ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2017.

NETTER: Frank H. Netter Atlas De Anatomia Humana. 5 ed. Rio de Janeiro, Elsevier, 2011.

MOORE: Keith L. Anatomia orientada para a clínica. 8 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2019.

PROMETHEUS: SCHUNKE, Michael. Prometheus, Anatomia geral e sistema locomotor. 4 ed. Rio de Janeiro, Guanabara Koogan, 2019.

SOBOTTA: Sobotta J. Atlas de Anatomia Humana. 21 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2000.

TORTORA, Gerard. J.; DERRICKSON, Bryan. Princípios de Anatomia e fisiologia. 14. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2016.